Aguarde...

Benvindos Benvindos

Turismo

Localizada no centro do Algarve, na região mais a sul de Portugal, Guia é uma freguesia pertencente ao concelho de Albufeira e pertence ao Distrito de Faro de que dista cerca de 38Km.

A costa é de arribas recortada por praias de clima marcadamente mediterrânico: Verões quentes e secos e Invernos amenos, com uma pluviosidade reduzida, sobretudo entre os meses de Outubro a Março e com uma temperatura média anual a rondar os 17,5ºC. Uma das principais regiões turísticas do país, a Guia quase que dispensa apresentação. O Turismo é a mais importante actividade da região. Nos anos 60 iniciou-se uma verdadeira expansão económica na freguesia. Com a chegada do turismo internacional, Guia passou a fazer parte dos principais roteiros turísticos. Actualmente, Guia-Albufeira é, sem margem de dúvida, um dos principais centros turísticos do país. Geograficamente, a Guia dispõe de uma costa composta por praias de areia fina e a água cristalina. A zona é a nível nacional, uma das de maior concentração de bandeiras azuis (símbolo europeu da qualidade das praias).

É conhecida como a capital do Frango devido aos inúmeros restaurantes especializados no frango Piri Piri, frango picante, grelhado a carvão - uma herança gastronómica de Moçambique. Um grande número de aldeamentos turísticos em expansão estão a espalhar-se por ambos os lados da estrada para Albufeira.

Ao longo da costa oeste de Albufeira encontra as bonitas Praia da Galé Leste, Praia da Galé Oeste, Praia dos Salgados e Praia do Manuel Lourenço são pano de fundo de grandes hotéis e empreendimentos turísticos. O Campo de Golfe dos Salgados, situado nas margens salinicas da baía de Armação, é um desafio para jogadores de todos os níveis, pois a água também entra em jogo em cada um dos 18 buracos.

A Guia é a casa do Zoomarine, um parque temático com um objetivo principal: educar os povos sobre os oceanos e a vida selvagem. O AlgarveShopping, um dos maiores centros comerciais do Algarve, com um hipermercado, mais de 100 lojas, enorme variedade de restaurantes, e 9 salas de Cinema, é o local de eleição para compras e lazer.

A freguesia da Guia um património histórico e cultural que representa o espírito e força de um povo que acredita no poder da Fé como valor essencial. Em representação disso, podemos encontrar vestígios físicos de tal modo de vida.

Em baixo salientamos alguns dos pontos de interesse a não perder:

• Igreja Matriz da Guia
Edificada no século XVII, esta igreja tem como padroeira a Nossa Senhora da Visitação, cuja imagem, datada do século XVIII, podemos admirar no seu interior. É de destacar ainda o retábulo da Capela-Mor, as imagens de Santo António e do Cristo Crucificado, datadas do século XVII, as imagens de Nossa Senhora do Rosário e de Nossa Senhora das Dores, ambas do século XVIII e os belíssimos painéis de azulejos.

• Ermida de Nossa Senhora da Guia
Segundo os indícios, esta Ermida será anterior ao séc XVI, tendo ficado parcialmente destruída com o terramoto de 1755. Constitui um importante testemunho do período Barroco no Algarve e um dos monumentos de maior valor artístico de todo o concelho de Albufeira. O interior está revestido por azulejos policromados que dão merecido destaque à imagem da padroeira da povoação, datada do século XVII.

• Ermida de S. Sebastião
Edificada, possivelmente, no início do século XVII, esta ermida ficou bastante danificada com o terramoto de 1755, tendo sido totalmente reconstruída passados 3 anos. A Ermida é dedicada a São Sebastião, que segundo reza a tradição, foi um santo determinante para a extinção da peste negra. Uma imagem deste santo do século XVII pode ser visto na sacristia da Paróquia da Igreja Matriz.

• Cemitério medieval
O antigo cemitério medieval da Guia foi recentemente reabilitado e transformado num pequeno pátio, do qual podemos destacar um altar decorado com ossos e um lago que confere a este espaço um ambiente tranquilo.

• Moinho de Vento
• Ponte romana e Fonte Antiga
• Lagoa dos Salgados
• Praia da Galé Leste
• Praia da Galé Oeste
• Praia dos Salgados
• Praia do Manuel Lourenço
• Zoomarine

São vários os eventos anuais que ocorrem na freguesia, onde não falta animação, artesanato e gastronomia local.

GASTRONOMIA

A freguesia da Guia, em Albufeira celebra uma tradição que já conta com 33 anos, através da edição da Festa do Frango, a que se junta a Feira de Artesanato e muita animação musical.

O evento que já faz parte do roteiro turístico local decorre anualmente durante o mês de agosto. Nesta altura, o frango da Guia é o rei da festa e o pitéu apreciado por residentes e turistas atrai milhares de pessoas, que se deslocam propositadamente para provar esta deliciosa iguaria.

Confeccionado com um molho especial e mais pequeno que o habitual, este frango é já um êxito a nível nacional.

Influenciada pela cultura mediterrânea, a gastronomia típica da Guia, tem as suas raízes em tempos e costumes antigos, fazendo do peixe a grande estrela da sua cozinha. Pratos como a caldeirada, o peixe assado no carvão, as amêijoas na cataplana, o xerém com conquilhas, o arroz de marisco ou o atum de cebolada trazem à sua mesa os melhores sabores do mar.

Mas não só de peixe vive esta culinária tão variada quanto saborosa. Frutas, legumes, carnes,azeite, hortaliças, alho, cebola e ervas aromáticas como os orégãos ou os coentros, são presença constante nos mais diversos pratos típicos.

As favas com chouriço, os milhos com carne, a galinha cerejada, o guisado e a sopa de grão, o arjamolho e diversos pratos de carne e caça são iguarias que o farão recuar a sabores de outros tempos.

DOÇARIA: Doce de Amêndoa, Doce D. Rodrigo, Doce de Alfarroba e Queijo de Figo

ORLA MARÍTIMA

Praia da Galé
A Praia da Galé possui um areal muito extenso que assume disposições diferentes, consoante o período das marés.

Durante a maré alta, a zona nascente aparenta ter um areal de dimensões reduzidas. Na maré baixa, fica exposto o acesso a mais duas zonas de areia, ideais para quem se deseja recatar.

As arribas e com pinheiros no topo são a nota verdejante.

Junto à concessão, o acesso é feito por um trilho na falésia.

Praia dos Salgados
A praia surge na continuação do areal da Praia Grande, para nascente da Lagoa dos Salgados, que se forma no troço terminal da Ribeira de Espiche.

Para chegar à praia percorre-se o empreendimento turístico associado ao campo de golfe que se desenvolve marginalmente à lagoa. O espaço próximo à praia permanece em estado natural. O areal é muito extenso e com troços muito tranquilos. Atravessando a zona da foz da Ribeira de Espiche, que comunica esporadicamente com o mar, é possível fazer o percurso de natureza da Praia Grande onde se dá a conhecer a flora e fauna dos campos dunares e da Lagoa dos Salgados.

Infraestruturas de Apoio: Estacionamento amplo e ordenado, restaurante, WC, vigilância na época balnear, praia acessível.

Praia do Manuel Lourenço
A Praia de Manuel Lourenço surge numa enseada pouco pronunciada com um areal de dimensões razoáveis.

Tanto a poente como a nascente, a praia é delimitada e protegida de ondas maiores por conjuntos de formações rochosas.

A falésia é encimada por empreendimentos turísticos e o verde dos pinheiros mansos insere-se entre as construções.

Existem dois estacionamentos de apoio em extremos opostos da praia, restaurante, WC e vigilância na época balnear.

ARTESANATO

Mostra de artesanato da Guia

Paralelamente á Festa do Frango anual, decorre uma mostra de artesanato, onde os participantes podem encontrar artigos de cortiça, empreita, croché, bordados, arraiolos, pinturas, trapilho e outros materiais que retratam as tradições e costumes da região.

Aqui pode encontrar variadíssimas peças de artesanato que primam pela originalidade e pela diferença e que representam o melhor da herança cultural algarvia. A empreita em palma, as miniaturas de carroças e barcos em madeira, a doçaria regional, os trabalhos em arenito, ou as rendas e bordados, fazem parte deste imenso património cultural que se traduz num artesanato ímpar e que pode ser encontrado em vários locais.

Com o artesanato, partilhamos o saber que passou de gerações em gerações até aos dias de hoje. As coisas que se faziam noutros tempos que são o testemunho desta terra que, apesar das intensas modificações a que foi sujeito nas últimas décadas, mantém muito daquilo que é a sua identidade própria.

Para além do artesanato tradicional, encontramos inovação e originalidade em peças atuais feitas com matérias-primas e técnicas modernas, através de artesãos que aliam a contemporaneidade à arte manual. Uma visita a Albufeira só ficará completa se levar consigo uma destas peças.

Este site utiliza cookies. Ao utlizar o website, confirma que aceita a nossa politica de privacidade.